Domingo, 6 de Abril de 2008

Ódio por ele?

                                       Photo: Me

 
 
 

"Ódio por ele? Não...Se o amei tanto,
Se tanto bem lhe quis no meu passado,
Se o encontrei depois de o ter sonhado,
Se à vida roubei todo o encanto...
 
Que importa se mentiu? E se hoje o pranto
Turva o meu triste olhar, marmorizado,
Olhar de monja, trágico, gelado
Como um soturno e enorme Campo Santo!
 
Ah! Nunca mais amá-lo é já o bastante!
Quero senti-lo doutra, bem distante,
Como se fora meu, calma e serena!
 
Ódio seria em mim saudade infinda,
Mágoa de o ter perdido, amor ainda.
Ódio por ele? Não...não vale a pena..."

 

 

(Florbela Espanca)
 
 
 

sinto-me: entorpecido
música: Schism by Tool

Sentido por Angel of Obscurity às 19:03
link do post | Comentar | interioriza o meu sentir
|
12 comentários:
De Lala a 19 de Abril de 2008 às 13:43
Olá.
Lindo poema já o conhecia dos meus tempoo de estudante, mas já há muito tempo não o via em lado nenhum.
Gostei muito.
Bjks.
Lala.


De Maria a 19 de Abril de 2008 às 23:48
Meu doce amigo espero que estejas bem.
Por vezes a vida é uma experiência ilimitada.
O meu obrigada pelo teu carinho.
Nem imaginas como fiquei feliz ao ler as tuas palavras.
Também estou aqui sempre que precisares sabes muito bem.
Deixo um beijo puro como uma flor colhida num campo selvagem.
Deixo-te dois miminhos no meu canto, eu sei... que o teu blog é especial.
Beijinhos e um sorriso.
Maria


De David Santos a 2 de Maio de 2008 às 15:28
Excelente!
Parabéns.


De Secreta a 5 de Maio de 2008 às 08:48
Este belissimo poema é da Florbela Espanca.
Já há muito que não passava por aqui ...
Deixo um beijito.


De Fallen Angel a 6 de Maio de 2008 às 15:32
Já li este poema em algum lado e gostei muito dele.
Um grande beijo


De juanitaflor a 9 de Maio de 2008 às 23:59
Um abraço, um abraço somente, daqueles do tamanho do mundo se sofres!Sou eu que to dou, pois sei o nome da dor que se tem quando se sofre por amor! E essa tão imensa dor, de tão íntima que é nunca nos abandona, conhece-nos tão bem que só connosco quer viver.
Manda um abraço também!
A alguém que também sofre!
Mas se na tua vida não tens dor por amor, parabéns!
Se sentes o olhar vivo e o sorriso permanente, és um ser que respira felicidade. Se assim for, faz tudo para a manter, apanha-a com a mão e nunca a deixes fugir!
Um abraço e uma beijoca solidária


De me a 23 de Maio de 2008 às 16:26
nao sintas odio nao.
nao vale a pena.
reconstruiremos algo melhor e maior.



De Angel of Obscurity a 23 de Maio de 2008 às 23:15
gostava de saber se sei quem és!


De me a 28 de Maio de 2008 às 17:26
sabes sim quem sou.
nao precisas de pensar muito.
manda noticias.
manda msg.

beijos


De Angel of Obscurity a 30 de Maio de 2008 às 01:27
Talvez precise ..


=X


De me a 30 de Maio de 2008 às 16:59
duh

ve o proximo post!

pode ser k descubras entao.


De brunhild a 12 de Setembro de 2008 às 13:08
Adoro este poema.
E não vale mesmo a pena... ;)


Comentar post

Me


Meu perfil

seguir perfil

. 24 seguidores

Quem me veio espreitar:

online:

online
CURRENT MOON

moon info

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Angel of Obscurity

One Past

Angel of Light

Sentires

Conquitas do tempo

'Le Moulin'

oásis

!!!

Esperança: luz à saída do...

O manto..

Conflito(s)

ReErguendo a esperança

(...)

A vontade de querer…

Confusão..

about the despair on the ...

Caminho..

História(s)

Lembranças

Abril 2017

Setembro 2016

Julho 2012

Janeiro 2012

Julho 2011

Março 2011

Janeiro 2010

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Antigos companheiros

:) Um sorriso

Image Hosted by ImageShack.us