Terça-feira, 16 de Maio de 2006

Noites..

 

Noites em que sombras fogem da escuridão.

Escondem-se em cantos!

Escondem-se em pensamentos!

Querem levar a loucura e o desejo,

querem desorientar o beijo,

para o massacre da solidão..

 

Noites que metamorfam sentimentos passados,

que do mundo foram apartados.

 

Noites que jazem da nascente,

que se espelham no jazigo,

Noites que se agitam pela corrente,

que saúdam o caminho comigo.

 

Noites de tristezas, mágoas, mas afagos.

Noites de caminhos trocados, loucos, mas pensados.

Noites de farsas, mentiras e erros cometidos.

Noites de regressos enganados, de saberes adquiridos.

 

Noites trocadas, mas sagradas.

Sangue profano,

fluindo,

purificando,

cada consumo de veneno,

que se tornou heresia,

nesta noite vadia.

 

Acontece em noites tardias,

a sombra do que se diz amante.

Queimando na tortura,

queimando o flagelante,

queimando a tristeza, tornando-a ternura,

traduzindo a luz que me encaminha para a doce loucura:

uma réstia de felicidade que ainda perdura!!

 

 

 

sinto-me: reborning
música: Pedra Branca

Sentido por Angel of Obscurity às 21:02
link do post | Comentar | os vossos sentires (33) | interioriza o meu sentir

Me


Meu perfil

seguir perfil

. 24 seguidores

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Sentires

Conquitas do tempo

'Le Moulin'

oásis

!!!

Esperança: luz à saída do...

O manto..

Conflito(s)

ReErguendo a esperança

(...)

A vontade de querer…

Confusão..

about the despair on the ...

Caminho..

História(s)

Lembranças

Abril 2017

Setembro 2016

Julho 2012

Janeiro 2012

Julho 2011

Março 2011

Janeiro 2010

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Antigos companheiros