Quarta-feira, 5 de Julho de 2006

Alucinação!

 

Inspiro! Expiro! Socorro meus gritos mais profundos…

Trago a paz… elevo a alma.

Toco-lhe! Manejo esta bola de energia que nasce de minha calma.

Sinto-a! Introduzo-a no meu corpo, suado de desejo…

Viajo! Mergulho em virtudes e defeitos inertes pelos pilares da mente!

Pego aqui e ali! Pego em toda a energia exterior ao meu corpo e possuo-a!!

Apodero-me dela e sacio a minha pele, sedenta de amor!

Danço! Sinto cada músculo; sinto cada movimento!

Liberto a obscuridade e recolho a luz!

Vibro! Sinto as vibrações desta luz tão pura, tão doce, tão acolhedora…

Envolvo meu corpo!

Envolvo minha mente!

Envolvo o meu ser e deito-me!

Fecho os olhos … e toco-te!

Estás tão longe, mas tão perto!

Sinto-te a meu lado … e aprisiono-te a mim…

… para que juntos alucinemos, mergulhados nesta luz, cada momento em que nós dois

… somos Um!

 

 

sinto-me: a amar o impossivel!
música: I still care about you

Sentido por Angel of Obscurity às 14:05
link do post | Comentar | interioriza o meu sentir
39 comentários:
De mulher rochedo a 5 de Julho de 2006 às 15:11
Ola amigo passei pra ver como tas ,
k se passa amigo?
não te kero assim , força e não te deixes abater - a vida as vezes é complicada mas temos k saber superar e seguir em frente ...

bjos e um bom resto de tarde


De electra a 7 de Julho de 2006 às 23:32
Esta despedida tive de deixar para o fim....é a que mais me parte o coração...
Foi á pouco que te conheci
Gostei imenso desse dia,
Espero guardá-lo sempre aqui,
Ajudas-te-me a não sofrer
A saber que sou importante
Que tenho de lutar pelo que amo
Este pouco que te conheci
Deixou-me mas que feliz
Espero um dia te ver
Enquanto não chega entristeço
Com saudade, com esperança,
Com carinho e sei que anseias
O mesmo....
Meu bom e mais sincero amigo de todos
Foi mesmo hoje que quebrei minha dúvida de
Te ver mas não o alcancei como desesejava (não queria ver uma foto e cair da cadeira)
Mas digo isto com a maior franqueza de todas:
Tu és o anjo que caiu do céu sem dúvida
Pelo menos foste o anjo que sonhei que caisse para mim não sei se foste para os outros...
Temos muitas coisas em comum já vi e sei que também o viste entre as quais a que mais gosto de realçar:
- Sofremos ambos com os pensamentos que nos rondam?! Certo!
Percebi que eras demasiado especial para mim desde o primeiro comentário que fiz.
Foste a única pessoa que consegui parar a minha rebeldia inconsolável, a minha revolta.....Meu anjo devo-te muito em tão pouco tempo...
Mais uma coisa que não me esqueci:
-Espero que esse teu amor impossivel se torne possivel pois só quando eu ver um sorriso nesses teus lábios é que estarei mesmo feliz...nunca te esqueças que o impossivel só o é porque não lutamos.
Não te coneço mas conheço-te bem é a frase da nossa amizade lembraste?! Guarda-a para sempre porque eu farei o mesmo
**Deixo aqui umas lágrimas daquelas que podem ser felizes ou infelizes porque ainda agora aqui estou e já tenho saudades tuas, meu bom e único amigo...
Ate para a semana....Adoro-te meu principe....nunca te esqueças...adoro falar contigo, também....um beijo envolvido em muito amor amistoso para um bom rapaz...Ana


De navegante a 5 de Julho de 2006 às 15:40
oi bigado pela visita adoro o teu cantinho um abraço e desejo te um bom dia


De Cöllyßry a 5 de Julho de 2006 às 15:51
En tão de mermurinho...Tira, abre como preferires, as algemas de Teu coração, e sim...serás livre...
para voar, conquistar e amar...
Dúvida...fica a esperança que sim...o faça...
Que sintas este meu esvoaçar em ondas de amizade
com meu doce olhar...
Cõllybry



De Ruby Baggins a 5 de Julho de 2006 às 16:06
Triste demais, e ao mesmo tempo, pessoal, infelizmente...

Sem muito para pensar dizer, simplesmente gosto de te ler.

**


De IntimoSedutor a 5 de Julho de 2006 às 16:24
Uma perfeita composição de palavras que
mistura, o sonho, a realidade e a pura procura
pela própria incerteza da alma....
Belo texto....
Abraços...


De electra a 5 de Julho de 2006 às 17:26
Luz de meu olhar,
Porquê que estás assim tão triste, tão para baixo,
Porquê desistir de tudo!
Não é possivél! Diz-me porquê que te sentes a amar o impossivél?!
Perdoa-me a intrumissão, mas meu amigo, teus pensamentos, tuas dúvidas e teus sonhos preden-me e não consigo ficar quieta....Sinto que teus sentimentos me afrontam a tristeza! Lembraste quando estava mesmo muito triste e tu presentiaste-me com tua paz interior?? Meu lindo principe posso presentiar-te com a minha paz de dentro....
Deixo aqui um desejo de alegria e de inspiração...
Também um beijo e a palavra adoro-te....Bjs mue principe da obscuridade....Vai a net!!


De Maria a 5 de Julho de 2006 às 20:28
Olá meu amigo Angel! Nem imaginas a tristeza que me deu ao ler-te,foi como se o fogo me desfizesse a alma e eu deixasse,sem fazer nada.
Há dias em que somos tudo e nada e todos somos Um,espero que olhes para o teu espelho e que te ames muito,pois o amor maior é isso mesmo;o impossivel não existe.
O teu poema está soberbo,como um saciar a fome da alma.
Beijo Grande
Deixo um afago para teu riso sentir.
Maria


De Aran_aran a 5 de Julho de 2006 às 21:03
"Amar o impossível"... Mhmmm... pode ser intrepretado de duas formas... negativamente ou positivamente... ou é impossivel ou já não o é... ;) E fizeste-me lembrar um poema:
Amo o impossivel,
e por esse impossível choro...
É-me impossivel esquecer,
esse impossível que adoro!!!
Bem e continuando... se sente-se aprisionado nesse teu espaço... não olhes para trás, não penses duas vezes... dá -te asas antes que seja tarde... para muita coisa... Embora na verdade nunca é demasiado tarde para se fazer alguma coisa... mas os obstáculos serão maiores... ;)
Agora o poema!!!! :) Está magnifico, espectacular, com essa simples e tb maginifica foto!!!! Beijinhos e inté...


De Aran_aran a 5 de Julho de 2006 às 21:49
Correcção ortográfica: "se te sentes"...
E perante as tuas dúvidaa... pergunto-te se ela tem o verdadeiro conhecimento da pessoa que está por detrás do "Angel of Obscurity"?!?!? Pensa nisso... ;)


De white angel a 5 de Julho de 2006 às 21:49
Bom... o que dizer quando me revejo plenamente nas tuas palavras...
Isto de andar neste mundo é muito complicado e, muitas vezes, triste...
Tento ter esperança todos os dias, mas todos os dias ela morre um bocadinho por um motivo ou outro...
FORÇA...
Beijos com muito carinho...


De Hélder Durão a 6 de Julho de 2006 às 00:30
Olá Angel!
Obrigado pelo comentário que deixaste no meu espaço.
Só hoje pude retribuir a visita!
Gostei também do teu blog!
Cumprimentos.


De Anónimo a 6 de Julho de 2006 às 17:09
Gostei e voltarei.
Beijinho
***


De Anónimo a 6 de Julho de 2006 às 17:10
Gostei e voltarei.
Beijinho
***
(http//:www.nisinha.blogspot.com)


Comentar post

Me


Meu perfil

seguir perfil

. 24 seguidores

Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Sentires

Conquitas do tempo

'Le Moulin'

oásis

!!!

Esperança: luz à saída do...

O manto..

Conflito(s)

ReErguendo a esperança

(...)

A vontade de querer…

Confusão..

about the despair on the ...

Caminho..

História(s)

Lembranças

Abril 2017

Setembro 2016

Julho 2012

Janeiro 2012

Julho 2011

Março 2011

Janeiro 2010

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Antigos companheiros